E temos, mui firme, a palavra dos profetas, à qual bem fazeis em estar atentos, como a uma luz que alumia em lugar escuro, até que o dia amanheça, e a estrela da alva apareça em vossos corações. 2 Pedro 1.19

Estar atento – Este verbo grego (prosecho) combina as palavras “para” (pros) e “ter” (eco). Significa literalmente, “para ter orientação em direção a algo“. Era um termo náutico, usado a fim de descrever a direção de um navio em seu curso. Nos tempos antigos, para todos os navios que velejavam, prosecho era um conceito de extrema importância. Se você não sabe quando virar ou como redefinir a sua rota, você poderá facilmente se perder no mar.

Pedro está nos dizendo a mesma coisa sobre o curso da nossa vida. Esteja atento ao vento e aos céus se deseja permanecer no curso correto. Deus tem nos equipado com uma Palavra do céu e o vento fresco do Espírito Santo para nos guiar. Mas devemos prestar atenção. O destino não será alcançado, se você deixar as correntes levá-lo para onde quer que vá.

Em tempos antigos, era uma coisa terrível navegar quando se perdia a visão da terra no horizonte. Depois que a terra desaparece, sem uma bússola se torna imensamente difícil saber qual caminho percorrer. É por isso que muitas viagens eram realizadas durante a noite. As estrelas serviam de guias. E na escuridão, quão tranquilizante era ver luz que brilha da costa. Pedro, um homem do mar, conhecia o quanto era importante ter um sinalizador aceso quando ele se encontrava longe, na escuridão das águas. Agora, ele nos diz que a nossa vida em Cristo necessita do mesmo tipo de sinalizador. Quando começarmos a sentir-nos cercados por águas escuras, há uma lâmpada que brilha na praia. É a Palavra de Deus, a mesma palavra que o Antigo Testamento, no livro de Salmos, descreve como “uma lâmpada para os meus pés“. Porém, a Palavra não fará qualquer diferença para nós, se não prestarmos muita atenção nela.

Assim, muitas vezes lemos sem entendimento. Os termos são tão familiares que nos esquecemos que eles, verdadeiramente, são sinalizadores de salvamento em noites escuras, faróis de Deus que estão estão lá, brilhando no escuro. Você já olhou para ver o que significam? Você realmente prestou atenção? Pedro conhecia o mar. Ele sabia de seus perigos e seus enganos. Mas ele estava confiante, apesar das turbulências da vida, porque ele prestava muita atenção no farol da Palavra da Deus. Na parte mais escura de nossas vidas, uma luzinha pode ser vista a grande distância. Esteja atento à luz e deixe ela direcionar a rota da sua vida.