Monges Budistas

Em uma notícia veiculada hoje no Portal Terra, monges budistas na Tailândia são acusados de abusar sexualmente de menores, todos com menos de 15 anos.

Segue a notícia abaixo:

Cinco monges budistas acusados de abusar sexualmente de oito crianças e jovens, todos eles com menos de 15 anos, em monastérios do norte da Tailândia foram detidos, indicou nesta quarta-feira a polícia.

Quatro monges, todos abades de seus respectivos monastérios, “aceitaram renunciar aos seus hábitos, mas o quinto negou as acusações e foi obrigado a renunciar”, indicou Prachuab Wongsuk, um funcionário da polícia no norte do país.

As autoridades iniciaram uma investigação a partir das declarações à polícia de uma das crianças.

Prachuab explicou que durante as inspeções nas celas dos monges em cinco monastérios próximos à cidade de Chiang Mai foram encontrados brinquedos eróticos e filmes pornográficos.

Na Tailândia, um país majoritariamente budista, os monges gozam tradicionalmente de um grande prestígio, mas nos últimos anos vários deles foram envolvidos em escândalos por consumir drogas, jogar ou contratar prostitutas.

Diante deste fato, fico a me perguntar porque a veiculação deste tipo de notícia não acontece em massa expondo também a fé budista? Sim, isso não acontece porque não eram padres e nem pastores os acusados, mas sim monges (zennnnnn) budistas, e não é do interesse midiático este tipo de veiculação, afinal, os budistas não são “estorvos” para os projetos obscuros desta nossa sociedade em transição comunista.

Quero que entenda que pecado da lascívia e o desejo desenfreado do ser humano em buscar prazer a qualquer custo não escolhe profissão de fé e nem localização geográfica. Esses animais que fizeram isso com estas crianças, e também todo àquele, seja crente em algum Deus(deus) ou ateu, deve ser condenado pelos seus atos e pagar por isso.

Nenhuma criança pode ter sua pureza extirpada desta maneia: seja por padre, pastor, pai de santo, monge, ateu, médico, advogado, etc….