“E não nos conduzas à tentação” Mateus 6.13

Jesus orando

Conduzir – O termo grego é o eisenegkes. É uma combinação de eis (para) e phero (trazer). Literalmente, “trazer para”. Esta passagem nos é tão familiar que dificilmente paramos para pensar o quão estranho ela soa. Durante a Oração do Senhor, encontramos esta tradução do século 17 que parece suplicar a Deus para que Ele não o conduza sob o caminho da tentação. Será que essa frase realmente significa que Deus nos conduz em tentação, a ponto de termos que orar pedindo que Ele não nos faça assim?

Tiago 1.13 recusa qualquer eficácia deste pensamento. Deus não tenta ninguém. Mas então o que este versículo significa? Para compreender o sentido verdadeiro desta frase, é necessário olhar em outro momento, quando Jesus falou sobre vencer a tentação. Jesus está em suas horas finais. Ele segue para o jardim para orar. Ele pede a três de seus discípulos para vigiarem com Ele e Ele diz-lhes: “Orai para que não entreis em tentação”. Poderíamos traduzir o sentido deste comentário: “Orem para que vocês fiquem longe da tentação”.

Imagine que você está viajando ao longo de uma estrada, mas sem um mapa. Você precisa de orientações para que você não tenha que ficar parando para perguntar a todos que encontram no caminho. “Escute” você diz, “Preciso de ajuda. Eu quero ir para ‘Basiléia’. Eu não quero ir para o ‘Cosmos’. Não me conduza para o local errado”, você diz a ele. Existem duas opções do que pode acontecer com você: uma te leva para longe do lugar que você deseja evitar, o outro te leva exatamente para o lugar que você deseja evitar. Então você suplica-lhe para não levá-lo para o lugar indesejado. Em outras palavras, você pede: “proteja-me de cometer um erro indo pelo caminho errado”.

Ore para que você não vá em direção a tentação, para que Deus, te leve longe da tentação, não te deixando seguir pelo caminho errado. É uma pena que nós tenhamos que ler desta forma em português. Em grego, a palavra não vem antes do verbo conduzir. “Não conduzir”, na verdade diz “guia-me longe de”.

Cada vez que você diz o que está na Oração do Senhor, você está pedindo a Deus para conduzí-lo fora do caminho da tentação.

“Não me deixe ir por esse caminho, Pai. Eu sou fraco, mas você é forte. Coloque sua mão em mim e me proteja do mal. Mantenha-me na direção correta.