Por isso se expiará a iniqüidade de Jacó, e este será todo o fruto de se haver tirado seu pecado; quando ele fizer a todas as pedras do altar como pedras de cal feitas em pedaços, então os bosques e as imagens não poderão ficar em pé. Isaías 27.9

Quem nunca comprou um brinquedo que necessitasse de pilhas para funcionar e ao abrí-lo se frustra porque ele não funcionou? E o que causa mais frustração é o fato de o brinquedo já estar com pilhas, e pilhas novas. Aí você cuidadosamente, porém já consternado, pega o novo brinquedo e abre o compartimento onde se colocam as pilhas, e com isso percebe que havia uma pequena fita isolante que separava as pilhas de estarem conectadas às molas receptoras de energia do brinquedo. Então você retira esta fita e de repente, o brinquedo “ganha vida”. O êxtase toma conta de você. O problema estava em uma pequena fita, que gerava uma pequena interferência, mas que causava grande tristeza. Ao remover a fita, o brinquedo funciona!

No chamado de Moisés, lá no encontro de Deus com ele na sarça ardente, qual foi a primeira coisa que Deus o ordenou? “Tire as sandálias, pois o lugar em que estás é terra santa” (Êxodo 3.5). Há muitas maneiras de entender esta ordem, e aqui vamos mostrar uma delas: Deus estava dizendo a Moisés – e todos nós – para remover qualquer barreira ou obstáculo que nos separe dEle. Estamos pisando em solo sagrado – terra pronta para o milagre e a santidade. O único impedimento que gera demora para ativar completamente a santidade em nossa vida, é deixar qualquer coisa nos separando da fonte: Deus.

No texto de Isaías, nos deparamos com uma mensagem muito semelhante. O profeta diz: “Por isso se expiará a iniqüidade de Jacó. . . quando ele fizer a todas as pedras do altar como pedras de cal feitas em pedaços, então os bosques e as imagens não poderão ficar em pé.” Em essência, Isaías estava dizendo sobre se livrar de qualquer coisa que esteja entre você e Deus.

Todos nós temos que crescer espiritualmente. Todos nós nascemos com deficiências. Nosso trabalho é remover as barreiras que nos separam de Deus. Para alguns de nós pode ser uma tendência a ficar irado. Para outras pessoas, pode ser um apego prejudicial. Para outras pessoas, pode ser uma falsa crença. Para outros ainda, pode ser um apego à bens materiais, honra, poder, ou qualquer um dos outros muitos obstáculos em nossa caminhada com Deus. Precisamos descobrir essas coisas e lançá-las fora de nós e fora de nossas vidas. Precisamos triturá-las e destruí-las.

O que está impedindo a comunhã entre você e Deus? O que está prendendo você de ser cada vez melhor? Remova os obstáculos e rompa as barreiras, de modo que como Moisés, você possa chegar mais perto de Deus e receber o mérito do privilégio de fazer Sua obra na terra de forma santa. Retire os obstáculos entre você e Deus, e ative a o melhor de sua vida.