Sermão ministrado em um culto de Ensino

INTRODUÇÃO

A Bíblia faz uma questão retórica demasiadamente importante (Salmos 8.4; Jó 7.17-18). A grande questão em si, demonstra o quanto a resposta é valiosa para nós.

Tricotomia

Tricotomia

Sobre a origem da vida humana, existem duas correntes predominantes: a evolucionista e a criacionista. E é óbvio que as divergências aguçam a discussão, e para isso, vejamos alguns pontos:

Evolução Criação
O homem sugiu do nada O homem foi criado por Deus (Gn 1-2)
O mundo segue do organizado para o desorganizado O mundo segue da ordem para a desordem

A Bíblia é enfática em afirmar que, ao contrário da evolução, Deus criou o homem e a mulher. O homem do pó úmido da terra, e a mulher do próprio homem. Ambos possuem a mesma essência.

Este sermão propõe demonstrar que o homem é dotado de três dimensões “divisíveis” e distintas, que constituem o homem em sua totalidade, a isso chamamos de tricotomia.

ARGUMENTOS

  1. Corpo
    1. Sua formação:
      1. Formado do pó da terra. Terra dos quatro cantos do mundo, para que onde quer que o homem esteja, a terra aceite-o novamente (Gênesis 3.19);
      2. Os componentes químicos do corpo são 16, e todos eles são os mesmos que estão na terra;
      3. Foi prejudicado pela queda, e agora ele se desfaz (Hebreus 9.27);
      4. Será restaurado na ressurreição (Filipenses 3.21; 1 João 3.2);
    2. Sua função:
      1. Antes de falar sobre a função, queria contar um testemunho de quando tive que me apresentar à uma entrevista de emprego que seria feita em inglês;
      2. As funções principais do corpo são: (1) manter o contato com o mundo material criado por Deus; (2) servir de tabernáculo para a alma nesta terra (2 Coríntios 5.1)
  2. Espírito
    1. Sua formação:
      1. Espiritual, imaterial, eterno e ao contrário do corpo, não é criado (formado), é transferido por Deus (Gênesis 2.7 cp. João 20.22);
      2. É pertencente ao Senhor, e volta à Ele em todas as circunstâncias (Salmos 146.4 cp. Eclesiastes 12.7);
      3. Jesus ao morrer, entrega ao Pai o espírito (Lucas 23.46);
    2. Sua função:
      1. É a lâmpada de Deus no homem, que ilumina-o internamente possibilitando o Senhor esquadrinhá-lo;
      2. É o responsável por receber do Espírito Santo a certeza que somos filhos dEle (Romanos 8.16);
      3. Sua função resume-se à manter o contato com o espiritual, manter o relacionamento com o Senhor
  3. Alma
    1. Sua formação:
      1. Imaterial, espiritual e eterna. Quanto à sua origem, existem três diferentes posicionamentos:
        1. Preexistente;
        2. Criacionista;
        3. Traducianista (Gênesis 5.1,3; Salmos 51.5; Atos 17.26);
    2. Sua função:
      1. Responsável pelas nossas emoções e vontades;
      2. O elemento que está em jogo no plano da salvação: Jesus morreu pelas almas e não pelo espírito ou corpo (João 3.16);
      3. A alma peca, e como consequência morre (Ezequiel 18.4);
      4. A alma justificada, lavada e remida será transportada ao céu (1 Tessalonicenses 4.13ss);

CONCLUSÃO

Deus nos constituiu um ser triúno, mas um único indivíduo, onde cada um dos elementos que nos constitui possui uma função, mas juntos todos trabalham por um propósito único: Adorar a Deus e preparar-nos para morar com Ele para todo o sempre;