Jovem PastorDesde o século 18, houve pelo menos 500 casos reconhecidos de crianças pregadoras nos Estados Unidos, afirma um ex-pastor que estuda o fenômeno.

O menino contou à BBC que muitos de seus amigos não o procuram mais porque o acham “estranho”.

Ezekiel, porém, afirma preferir os ensinamentos de Cristo a jogar videogame ou a ficar trocando mensagens no celular.

Fonte: BBC

Tags: |

Receba novidades aqui do Blog!

Lembre-se, o conhecimento é a chave!

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


  1. Eu fico um pouco, digamos , intrigada com notícias assim. Não que eu duvide da possibilidade sinceridade dos jovenzinhos ou da veracidade da fonte, mas o que me preocupa na verdade é a “adultização” precoce das nossas crianças. Deus pode sim , chamá-los na tenra idade e usá-los como instrumento de bençãos…. Mas quantos realmente recebem esse chamado e quantos são apenas “reflexos” dos adultos ?! é para se pensar ….Será que estou exagerando?